acheilondres.com

Responsive image Londres

Londres, cultura que encanta

Londres, cultura que encanta

Londres é uma cidade plural em todos os aspectos por ter a presença de diversas pessoas dos mais variados lugares do mundo. De restaurantes italianos aos bares  e a vida noturna, Londres traz para os turistas e para quem mora uma experiência inenarrável.

Londres é sinônimo de muita cultura, arte e expressão por todos os lados. Sejam pelos seus artistas famosos que lançam e ditam a cultura musical em todo o mundo, Londres traz suas singularidades culturais. A cidade é conhecida pela sua vida noturna nos famosos pub’s, nos bares e restaurantes onde todos procuram se divertir. Após as 23 horas a noite se estende pelas casas noturnas com música ao vivo, show’s e festas que são as mais procuradas por todos os turistas que passam por aqui.

A capital da Inglaterra possui também cinemas e salas de teatro compondo o seu cenário cultural. Diversos show’s são realizados em Londres, inclusive por cantores internacionais que não esquece da capital cosmopolitana em suas turnês.

A cultura em Londres é diversificada pela presença de diversos povos em uma só capital. Elá é tão plural quanto Nova York, e em comparação brasileira, seria a multiculturalidade de São Paulo. Em Londres encontramos brasileiros, americanos, chineses, árabes e diversos povos e etnias. A capital do Reino Unido e centro financeiro do estado é destino de muitos que procuram viver em uma cidade que combina tranquilidade e vida noturna agitada, com uma economia estável e em busca de melhores remunerações.

A arquitetura de Londres também encanta, inclusive pelo seu sistema inteligente de transporte e metrô, que interliga praticamente toda a cidade por diversas linhas. A cidade conta com diversos museus, rios e parques que devem ser visitados por todos os turistas. Para conhecer melhor Londres, no mínimo uma semana é necessário, especialmente se quiser entender um pouco da cultura da capital.

Compartilhe:

Fabia Nishiuchi

Formada em comunicação, residente na terra da rainha a oito anos, tornei a troca de idéias e concepções entre as pessoas um estilo de vida, o qual, como resultado, se tornou um trabalho. Um trabalho que amo.

Noticias relacionadas