acheilondres.com

Responsive image Noticias

Membro do time britânico de hóquei não irá à Rio 2016 por morte de Jean Charles

Membro do time britânico de hóquei não irá à Rio 2016 por morte de Jean Charles

Andy Halliday fez parte da equipe policial que confundiu Menezes com um suspeito por terrorismo na estação de metrô Stockwell, duas semanas após os atentados a bomba que mataram 52 pessoas em 7 de julho daquele ano.

"Após uma recomendação, foi acordado que Andy não viajará ao Brasil como membro da equipe técnica de hóquei", disse a Great Britain Hockey, órgão responsável pelo desenvolvimento do esporte no país tendo em vista os Jogos Olímpicos.

Aposentado após trabalhar por 30 anos na polícia de Londres, onde era especialista em armas de fogo, Halliday teve um "papel periférico" na operação no metrô da cidade, disse a organização.

 

 

O comunidado ainda informa que tanto o órgão quanto a Associação Olímpica Britânica estavam "cientes desta questão delicada em relação à participação da seleção britânica na Olimpíada do Rio".

"Andy continua a exercer seu papel como gerente e trabalha com o resto da equipe técnica para ajudar na preparação dos atletas para o evento."

Halliday é gerente da seleção britânica desde 2010. "Ao mesmo tempo que estou obviamente desapontado por não ir aos Jogos Olímpicos, sei desta decisão desde novembro e respeito o processo que foi seguido para tomá-la e a decisão em si", disse ele.

"Os interesses e desempenho do time continuam a ser o mais importante."

A diretora da Great Britain Hockey, Sally Munday, agradeceu Halliday "pela dignidade e profissionalismo que ele demonstrou ao longo de todo o processo".

Compartilhe:

Duda Picardo

Noticias relacionadas