acheilondres.com

Responsive image Londres

Como montar um negócio em Londres

Como montar um negócio em Londres

Se existe uma coisa que está no sangue brasileiro é o empreendedorismo, isso todo mundo já sabe. Só no ano passado foram abertas 1.865.183 empresas, segundo indicador do Serasa Experian. Aqui em Londres não é diferente. 

 

Para explicar melhor como funciona o mercado empreendedor na Inglaterra, e como se comporta o brasileiro fora do país tropical, entrevistamos Sansão Rodrigues, especialista em finanças e proprietário de um escritório de contabilidade localizado na capital. Aproveite a entrevista na íntegra.

 

 

1) Qual o perfil de empreendedor que busca os seus serviços?

 

Start ups, pequenos negócios, negócios de médio porte (mais de 5 empregados ou mais de £200,000 faturação), grandes empresas. Muitas vezes vem até nos procurar por erros ou incapacidade contabilística.

 

2) Qual o procedimento para abertura de uma empresa no Reino Unido?

 

Primeiro há que definir o tipo de empresa. Uma vez definido o tipo de empresa das várias que existem, temos que definir o estatuto da pessoa/diretor(a)/investidor(a) no país. É estrangeiro ou residente?. 

 

Existem diferentes mecanismos fiscais para cada situação.

 

3) Qual o número médio de abertura de empresas brasileiras por mês no país?

 

Não tenho noção dessa informação. Nós abrimos mais ou menos duas por semana.

 

4) Qual a diferença e vantagens de abrir uma empresa e ser self-employed? 

 

São várias. A maior vantagem da empresa limitada é o facto de ela limitar a responsabilidade dos diretores e acionistas em termos de cumprimento de dívidas no caso de falência. Como self-employed enquanto estiver vivo está devendo e só com IVA ou bancarrota consegue "apagar" dívidas.

 

Em termos de impostos uma limitada faz mais sentido quando o faturamento é alto, pois através deste tipo de empresa se pagam menos impostos:

  • Limitada por quotas tem que se pagar imposto de renda de 20% de lucros liquidos de ate £1 milhao de libras. Os acionistas da empresa não pagam imposto em dividendos até £32,000 e depois a taxa é fixa em 32.5%.
  • Limitaded Partnership não paga imposto de renda, mas os detentores do lucro gerado pagam as taxas individualmente.
  • Como Self-Employed já apartir de um lucro líquido de mais de £10,600 começa-se a pagar 29% e quando acima de £32,000 passa para 49%. Passando dos £150,000 as taxas são de 47%.

No meu entender self employed somente é vantajoso com rendimentos líquidos até £32 mil no maximo.

 

5) Qual o índice de fechamento de empresas aberta por brasileiros?

 

Não sei. Nós não fechamos muitas empresas. Fechamos 50 empresas em 4 anos.

 

6) No Brasil, nós sabemos, é bem difícil fechar uma empresa caso o empresário desista do negócio, aqui também existe essa dificuldade?

 

Não. Se a empresa não tiver dívida e facílimo. Com dívidas altas por preços apartir de £4k pode-se dar a insolvência da empresa.

 

7) Em sua opinião qual o maior problema enfrentado por brasileiros empresários na Inglaterra?

 

Vistos de permanência no país. O empreendedor brasileiro é destemido e astuto.

 

8) No caso do self-employed, quais os problemas mais frequentes?

 

Dificuldade no pagamento dos impostos quer seja o imposto de renda quer o VAT.

 

9) Pela sua experiência, o quanto ter uma vida finaceira organizada junto ao governo pode colaborar na aquisição de vistos ou permanência no Reino?

 

Completamente. Temos muito pedidos para correção e regulamentação retroactiva de impostos e vida fiscal.

 

10) Qual a importância de buscar uma boa empresa de contabilidade?

 

No caso de uma empresa de contabilidade como a nossa, o cliente pode beneficiar de décadas de experiência profissional. Esse aconselhamento pode reduzir erros, perdas financeiras, evitar pagamentos de impostos a mais.

Uma boa empresa de contabilidade otimiza o funcionamento fiscal, econômico e financeiro de uma empresa com estratégia a curto, médio e longo prazo.

O facto das empresas de contabilidade se manterem informadas de atualizadas com a lei é exrtemamente importante para que o empresário não perca oportunidades fiscais.

 

11) Na sua opinião, quais informações o empreendedor deve buscar antes de decidir abrir uma empresa ou não?

 

Levantamento exaustivo do mercado em que vai competir e fazer uma análise em vários níveis:

  • riscos do mercado
  • tamanho do mercado
  • concorrentes

Falar com um contabilista e fazer uma projecao ou um business plan é super recomendável.

Compartilhe:

Fabia Nishiuchi

Formada em comunicação, residente na terra da rainha a oito anos, tornei a troca de idéias e concepções entre as pessoas um estilo de vida, o qual, como resultado, se tornou um trabalho. Um trabalho que amo.

Noticias relacionadas