acheilondres.com

Responsive image Londres

As principais causas de morte entre crianças e adolescentes no Reino Unido

As principais causas de morte entre crianças e adolescentes no Reino Unido

A saúde das crianças e adolescentes no Reino Unido tem melhorado significantemente nos últimos 30 anos. Essa melhora é sem dúvida um sucesso na história moderna do sistema de saúde, é o que diz o Britsh association for child & adolescente public health.

Mas infelizmente essa melhora não foi o suficiente para evitar a morte de mais de 3.000 bebês de até um ano em 2012, e mais de 2.000 crianças até os 19 anos de idade.

 

Mortalidade entre crianças  1 a 4 anos de idade

 

De um a quatro anos de idade, as causas mais comuns de morte são acidentes e envenenamentos, câncer e causas congênitas. Existem evidências de que crianças prematuras impactam no número de mortalidade infantil, assim como na adolescência.

 

Causas de morte em números

 

11% Doenças respiratórias

15% Acidentes externos

14% Doenças congênitas

12% Doenças do sistema nervoso

15% Câncer

9%    Infecções

6%    Doenças do sistema circulatório

5%    Metabolismo, endócrino e nutricional

2%    Doenças do sangue e baixa imunidade

2%    Doenças digestivas

1%    Morte súbita

 

Mortalidade entre crianças de 5 a 9 anos de idade

 

No final da infância, entre 5 e 9 anos de idade, a causa mais comum de mortes na Inglaterra são acidentes(externo) câncer e causas congênitas. A proporção de de crianças que morrem por doenças crônicas aumentou significantemente em 2010.

 

11% Doenças respiratórias

15% Acidentes externos

14% Doenças congênitas

12% Doenças do sistema nervoso

15% Câncer

9%    Infecções

6%    Doenças do sistema circulatório

5%    Metabolismo, endócrino e nutricional

2%    Doenças do sangue e baixa imunidade

2%    Doenças digestivas

1%    Morte súbita

Mortalidade entre crianças de 10 a 19 anos

 

 

Depois da infância, a fase de maior risco de morte é a fase final da adolescência que termina aos 19 anos de idade. Infelizmente mesmo tendo feito inúmero avanços no sistema de saúde a Inglaterra, a morte de adolescentes no país ainda é alta. As doenças crônicas são as que mais matam no Reino Unido.

 

 

08% Doenças respiratórias

24% Acidentes externos

06% Doenças congênitas

14% Doenças do sistema nervoso

24% Câncer

04%  Infecções

07%  Doenças do sistema circulatório

04%  Metabolismo, endócrino e nutricional

04%  Outros

03%  Doenças do sangue e baixa imunidade

01%  Doenças digestivas

01%  Risco e comportamento

00%  Morte súbita

 

 

Foto: BBC 

Compartilhe:

Fabia Nishiuchi

Formada em comunicação, residente na terra da rainha a oito anos, tornei a troca de idéias e concepções entre as pessoas um estilo de vida, o qual, como resultado, se tornou um trabalho. Um trabalho que amo.

Noticias relacionadas