acheilondres.com

Responsive image Estilo de Vida

Dieta da FOME! Entenda o que você está fazendo de errado

Dieta da FOME! Entenda o que você está fazendo de errado

Muitos pacientes chegam até mim com sintomas de dieta. Mas o que é isso nutri, como assim? Na prática clínica cada atendimento é um aprendizado, que contribui tanto para o desenvolvimento profissional como para o pessoal, lidamos com pacientes em estado de saúde fragilizado, muitas vezes causado por um histórico prévio de doencas relacionadas ou muitas tentativas de perder peso sem nenhum sucesso. A dieta restritiva na minha opinião já pode ser considerada como uma doença e vou explicar o motivo disso.

Pacientes que chegam com tremores, fraqueza, contando calorias e carboidratos, pacientes que se exercitam em jejum e desmaiam durante o treino, pacientes que desenvolvem transtorno alimentar, vomitam, tomam diuréticos, laxantes, que perdem o sono de culpa, que choram, sofrem. Pacientes que se privam de vida social, que se isolam e acham que alimentação é sofrimento e privação. Pacientes com perdas de peso rápidas de até - 10kg em 1 mês, que comem 1 ovo na janta e acordam as 3h da manhã com fome e frustrados.

Bem vindos as dietas da fome!

Se você já teve ou tem algum desses sintomas, sinto informar que você é mais um dentre os milhões que são enganados com promessas de perda de peso, muitas vezes disfarçadas de promessa de mudança de vida e saúde eternas.

Hoje o acesso a informação é imenso, porém o que mais encontro são pacientes carentes de uma orientação de qualidade, feitas pelos profissionais que são aptos (ou pelo menos deveriam) para isso: os nutricionistas.

Nós nutricionistas graduados (que cursam nível superior) não estudamos apenas como planejar uma dieta, estudamos bioquímica, patologia, anatomia, fisiologia, aspectos comportamentais da alimentação, e,  antes de concluir nosso curso de graduação temos que completar uma média de 600 horas de atuação prática na área hospitalar, em cozinhas industriais e estabelecimentos de alimentação coletiva. Nós não apenas fazemos o plano alimentar, mas estudamos como o alimento reage no organismo, quais as vias metabólicas dos nutrientes percorrem, como o alimento deve ser preparado para preservar os valores nutricionais, quais as interações do alimentos com medicamentos, os processos de higienização dos mesmos, entre diversas outras questões importantes para a nutrição humana.

Por esse motivo os nutricionistas que trabalham dentro de preceitos éticos e se baseiam em estudos cientificos para tratar dos seus pacientes não gostam de dietas da moda, cursos online de nutrição, tampouco programas de emagrecimento online, shakes para perder peso, medicamentos, dietas restritivas, entre outras milhares de formas de perder peso sem ser a reeducacao alimentar.

Com a reeducação o processo é mais lento, por esse motivo as pessoas optam por as alternativas mais imediatas mas que podem ter sérios prejuízos a saúde. O principal ponto sobre a reeducação alimentar é a promoção e manutenção da saúde em primeiro lugar, os resultados vem naturalmente em decorrência das mudanças feitas no estilo de vida do paciente.

Busque a saúde e seu resultado virá! Esse é meu conselho para quem ja fez de tudo e não obteve resultados!

Compartilhe:

Nutricionista Carolina Capellari Simon

Nutricionista clínica , especialista em Pediatria Geral e Obstetrícia pelo HCPA (Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS/BR) e pós-graduada em Gestão em Saúde Pública pelo Centro Universitário da Grande Dourados. O perfil humanizado para tratar os pacientes é resultado de uma forte vivência profissional em saúde coletiva e de uma paixão pela saúde pública. +44 (0) 7756 988135

Noticias relacionadas